Reunião discutirá estratégias de segurança em todo município

Com o intuito de discutir a segurança municipal, devido a falta de policiamento na região, o Conselho Comunitário de Segurança recebe nesta quarta-feira( 31), às 10h, o Comandante Geral da Polícia Militar do RJ, Coronel Wolney Dias Ferreira para reunião ordinária e itinerante. Na ocasião, o comandante visitará a ponte que faz a divisa entre SFI e Presidente Kennedy(ES), e logo em seguida participará de reunião, aberta à comunidade, em Travessão de Barra. Estarão presentes representantes de segmentos sociais e autoridades ligadas à segurança pública estadual.

A prefeita Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos considera o encontro um momento importante para o município, levando-se em conta a necessidade da união da sociedade objetivando o combate à violência na região. “Trata-se de uma luta de toda a comunidade e estaremos juntos com os nossos parceiros, levantando ideias para a adoção de medidas que não deixem nosso município vulnerável à violência. Daremos todo o suporte para isso”, afirmou a prefeita.

Na visão do secretário geral do Conselho Comunitário de Segurança, Romário Teixeira Bernardo, a primeira medida fundamental será o levantamento dos principais problemas de segurança pública do Município, vindo em seguida a análise das questões que mais inquietam a sociedade, num processo capaz de gerar respostas adequadas à realidade local. “ Nossa divisa está desguarnecida, precisamos da implantação de um posto de policiamento entre São Francisco e o Espírito Santo, ficamos cerca de 45 quilômetros de distância do Posto 15 do BPRv; além do pleno funcionamento do posto Delta 22, localizado em Travessão de Barra e o aumento do efetivo policial atendendo a toda SFI” ,destacou Romário. “Temos apenas seis DPOs em todo município, considerado o terceiro maior em extensão territorial em todo o estado”, completou.

“Esperamos que até final do ano, já oferecer importante contribuição para o advento de um novo quadro da segurança pública local, com a redução dos índices de criminalidade no Município”, concluiu Romário.

Compartilhe: