São Francisco de Itabapoana (SFI) sediou na manhã desta terça-feira (8) uma reunião ordinária do Conselho dos Secretários Municipais de Meio Ambiente do Norte e Noroeste Fluminense (Cosemma-NF). O encontro, ocorrido pela primeira vez no município, teve a participação de representantes de 12 municípios da região e contou com três palestras, passeio de barco no Rio Paraíba do Sul e almoço, no Centro Cultural Barracão, em Gargaú.

Durante a abertura do evento, o secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Ilzomar Soares, elogiou as ações do Governo Francimara. “É um orgulho nosso termos a Francimara como prefeita de São Francisco de Itabapoana, que dá total apoio, não apenas ao Meio Ambiente e Defesa Civil, mas também nas áreas da Saúde, Educação, Agricultura, Promoção Social, Transporte, entre outras. Temos cinco departamentos na nossa secretaria e procuramos trabalhar com afinco para atendermos às necessidades do município”, ressaltou o secretário.

O primeiro tema debatido foi o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Verde. “Hoje, esse imposto é a melhor ferramenta para o aumento da arrecadação tributária em toda a Região Norte Fluminense. Em muitos casos, os municípios deixam a desejar com a gestão do ICMS Verde e perdem valores exorbitantes”, afirmou o palestrante, Cléber Ferreira Graça Filho, que é engenheiro ambiental.

Evaristo Mezzavilla, engenheiro agrônomo da Secretaria de Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, tratou sobre o descarte irregular de embalagens vazias de agrotóxicos em áreas produtoras. Segundo ele, a defesa agropecuária tem um papel principal na fiscalização para que os pacotes vazios tenham o destino correto. “Nós fizemos uma campanha de coleta dessas embalagens aqui em SFI e tivemos um excelente resultado”, destacou, acrescentando que novas edições itinerantes da campanha devem acontecer.

Segundo o presidente do Cosemma-NF, Juarez Noé, que também falou para os cerca de 40 participantes do encontro, a entidade “é uma união de forças”. “A gente sempre teve a vontade de ‘puxar’ SFI, São João da Barra e Campos dos Goytacazes para dentro do Cosemma-NF, que é uma forma de nos unirmos para poder ter mais apoio do Governo do Estado e até mesmo buscar recursos com os ministérios das Cidades e do Meio Ambiente”, apontou.

Entre as autoridades presentes, o superintendente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Fernando Guida. Para ele, a presença do Consemma-NF em SFI é fundamental. “O município passou muito tempo ‘sem dar muita bola’ para a questão ambiental e agora que tem na administração da área ambiental uma pessoa séria e competente, tem que aproveitar esse momento. O Ilzomar Soares trouxe essa reunião para cá, exatamente para discutir questões da região, com base no princípio de que questões ambientais e sociais não têm fronteira”, disse.

Segundo ele, a reunião vai ao encontro da necessidade de cooperação entre os municípios da região para a tomada de decisões coletivas para os problemas da área ambiental. “A prefeita Francimara Barbosa Lemos e o Ilzomar estão ‘se encaixando como luva’. Ela está prestigiando o trabalho dele e ele, ajudando e prestigiando demais o trabalho dela. A gente de fora nota isso e acha excelente. É uma coisa que não está acontecendo em todos os municípios do Estado. Parabenizo a chefe do Executivo pela força que está dando à questão ambiental”, destacou o superintendente do Inea.

 

Ascom SFI

 

Compartilhe: