A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) promoveu mais um evento na programação do Outubro Rosa, na tarde desta sexta-feira (20), na Praça São Francisco de Paula, no Centro, através de roda de conversas com médicos especialistas e apresentação de danças. O evento contou com a presença da prefeita Francimara Barbosa Lemos, do secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista; da coordenadora do NUPRAPAC, a oncologista Elizabeth Uhl, entre outros integrantes do Governo, além de cerca de 200 pessoas que prestigiaram o encontro.

“Posso servir de exemplo para muitas outras mulheres, já que a partir da descoberta do câncer de mama, a gente passa a se amar muito mais. Temos de ter consciência que esta doença possui cura, por isso a importância da prevenção. Eu hoje posso dizer que estou curada, graças a Deus, e tenho orgulho de ser conhecida como uma mulher guerreira por tudo que passei”, revelou a prefeita.

Campista fez questão de agradecer à equipe da Secretaria de Saúde pelo empenho e comprometimento, destacando a importância da integralidade. “Precisamos trabalhar cada vez mais com a conscientização. Não podemos esperar as pessoas ficarem doentes para serem tratadas. Só vamos conseguir avançar na Saúde por conta desta mudança de cultura. Gostaria de dar uma notícia a todos vocês: a partir desta noite e até o último dia de outubro o prédio do Hospital Manoel Carola ficará iluminado de rosa para lembrar sobre a conscientização da prevenção em relação ao câncer de mama”, disse o secretário de Saúde.

Já a coordenadora do NUPRAPAC ressaltou o alcance do evento. “É bom estarmos aqui reunidos para informarmos sempre que for possível a respeito da importância da prevenção, através do exame de mamografia, após os 40 anos, de acordo com recomendação da Sociedade Brasileira de Mastologia, além realização do autoexame”, pontuou Elizabeth Uhl.

O vice-prefeito de SFI, Claudio Henriques, reforçou que “nada é mais importantes do que a informação”. Ele também parabenizou a Secretaria de Saúde pelo trabalho que vem realizando no município.

A professora de dança do Centro de Convivência do Idoso Andréia Rodrigues apresentou três tipos de dança durante a abertura do encontro: Jazz, Carimbó e Zumba.

Após os discursos das autoridades, ocorreu a roda de conversas com a ginecologista e residente em Mastologia Esther Morota e o psico oncologista Jayme Willemam.

Ascom SFI

 

Compartilhe: