No último domingo (12), Nilda Maria dos Santos Aquino, de 54 anos, recebeu pela primeira vez a aplicação do soro antiescorpiônico, no Hospital Municipal Manoel Carola (HMMC), na localidade de Ponto de Cacimbas, em São Francisco de Itabapoana (SFI). “O soro antiescorpiônico salvou a vida da minha mãe”, disse Gilcilene Aquino Barbosa, filha da paciente.

“Estou muito grata à prefeita Francimara Barbosa Lemos por ter conseguido trazer o soro para o nosso município. Pelo estado em que se encontrava a minha mãe, vomitando, com fortes dores e suando muito, caso tivesse que ser levada para a cidade de Campos acredito que não sobreviveria à picada do escorpião. Agradeço a todos do Hospital Manoel Carola que estão cuidando da minha mãe”, revelou emocionada Gilcilene.

De acordo com o diretor clínico do HMMC, Eber Marins, a proximidade entre o local do acidente e a unidade hospitalar previne possíveis complicações no paciente. Antes da disponibilização do soro no HMMC, o polo mais próximo para este tipo de tratamento era Campos dos Goytacazes, a cerca de 50 quilômetros de distância.

Marins contou que a paciente, moradora da localidade de Amontado, foi picada dentro da residência por um escorpião amarelo na mão direita. “Após sentir forte dor local e apresentar sudorese e vômito, se dirigiu até o hospital, onde foi avaliada de acordo com o protocolo”, explicou.

Conforme ele informou, após avaliação, foram ministradas duas ampolas do soro. O acidente dela se enquadra na classificação moderada.

“Desde a entrada da paciente no HMMC foi realizada a monitoração cardíaca. Ela permanecerá internada por 48 horas, como pede o protocolo. Depois deste prazo, será realizada uma reavaliação para atestar ou não a alta”, finalizou.

O médico finaliza, alertando os são franciscanos que em caso de picada de escorpião devem-se dirigir imediatamente para o HMMC.

Para o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista, a disponibilização do soro antiescorpiônico “traz uma tranquilidade à população, que se eventualmente for picada pelo animal, saberá que terá o suporte necessário dentro do próprio município”. Ele relatou que “muitos consideravam inviável a implantação do polo para tratamento de acidentes com escorpiões, mas graças ao empenho da prefeita Francimara Barbosa Lemos, junto à Secretaria de Estado de Saúde, este sonho se tornou realidade”.

Ascom SFI

Compartilhe: