Para garantir a segurança dos moradores, veranistas e turistas, a Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI) contratou 50 guarda-vidas durante o período do verão, além de oito supervisores e dois coordenadores. Os profissionais estão uniformizados, em barracas padronizadas na cor vermelha com a identificação do município para facilitar a visualização por parte dos banhistas.

Durante 45 dias, a equipe participou de treinamento para poder atuar no serviço. Haverá guarda-vidas trabalhando todos os dias, no período das 9h às 18h, utilizando equipamentos de salvatagem resk ou life belt. O kit de uniforme abrange boné, camisa de manga longa, sungão e filtro solar.

A área de atuação vai da Praia de Gargaú até Barra do Itabapoana, sendo dois guarda-vidas por cada posto. Os profissionais estão orientados a prestar auxílio aos deficientes físicos na locomoção para se banhar.

“Nosso município tem mais de 60 quilômetros de litoral e com grande frequência de moradores, veranistas e turistas durante a estação mais quente do ano. Os guarda-vidas são justamente para proporcionarmos mais segurança aos banhistas durante o período do verão”, argumentou a prefeita Francimara Barbosa Lemos.

Banhistas aprovam a medida

A pedagoga Nelma Modesto, 53 anos, que mora na cidade de Campos e está veraneando em Guaxindiba, destacou a importância da presença dos guarda-vidas.

“É uma grande tranquilidade para todos nós que frequentamos a Praia de Guaxindiba sabermos que em caso de necessidade existem guarda-vidas para nos salvar. Procuro ficar sempre próxima ao posto para ter mais segurança”, ressaltou Nelma.

Outra veranista moradora em Campos e que está passando o verão em Santa Clara, a dona de casa Mariângela Manhães, 43, reforçou a afirmação.

“É muito importante ficarmos numa praia que possua guarda-vidas, principalmente quando temos crianças. Meu marido é cadeirante e recebeu a ajuda dos profissionais para poder se banhar. Eles são muito prestativos e estão sempre atentos para ajudar em caso de alguma solicitação de salvamento”, revelou Mariângela.

Recomendações para evitar afogamentos:

– Procurar sempre por locais onde exista um posto de guarda-vidas;

– Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;

– Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para tomar seu banho de mar;

– Evitar entrar no mar logo após se alimentar ou se tiver ingerido bebidas alcoólicas;

– Não entrar no mar após longa exposição ao sol sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água, evitando assim a possibilidade de um choque térmico;

– Quando estiver na companhia de crianças não perder a atenção um só instante e se possível identificá-las com nome e telefone para contato;

– Caso saiba e pretenda nadar, fazê-lo sempre paralelo à areia;

– Ao sentir qualquer tipo de dificuldade peça logo a ajuda do guarda-vidas.

Os postos de guarda-vidas em SFI são os seguintes:

Praia de Gargaú

Conceição Baiana, no final da Barra Velha

Praia Central (Lagoa dos Quiosques) – Dois postos

Lagoa da Eólica

Praia de Santa Clara

Farol da Praia

Pousada Tropical

Hotel Mineirão

Pousada e Restaurante QCKÉ

Antigo Batelos

Hotel Albinos

Praia dos Sonhos

Casa Branca

Bar Tio Martins

Praia de Sossego

Torre de Telefonia

Bar & Mar

Praia de Guaxindiba

Boca da Barra

Bar Tubarão

Rua do Praia Clube Guaxindiba

Quiosque da Dalva

Campo do Fiinho

Praia de Manguinhos

Em frente à Praça Principal

Praia de Guriri

Área central

Praia Lagoa Doce

Área central – Dois postos

 

Barra do Itabapoana

Lagoinha

Boca da Barra

Cais

Ascom SFI

Print Friendly
Compartilhe: